Novos Horizontes FM

Notícias/Música


19/04/2017

Exclusivo: Assista a um making of do DVD acústico do Raimundos

Exclusivo: Assista a um making of do DVD acústico do Raimundos

O Raimundos está prestes a lançar o primeiro disco e filme ao vivo em formato acústico da carreira. Nesta segunda, 17, o grupo revela – com exclusividade pelo site da Rolling Stone Brasil – uma amostra do lançamento: um making of sobre as apresentações acústicas que deram origem ao trabalho.

Desde que retornou às atividades, em 2007, o Raimundos lançou o álbum ao vivo Roda Viva (2011) e depois o disco de inéditas Cantigas de Roda (2014). Ainda em 2014, o trabalho rendeu outro lançamento ao vivo, o Cantigas de Garagem, que registra a banda tocando as então novas faixas em estúdio. Todos eles, contudo, contam com a configuração tradicional de guitarras e instrumentos elétricos.

“Sentimos que era hora de fazer algo bem no sentido contrário, sempre quis ver como ficaria o Raimundos acústico pra valer”, comenta Digão, atual vocalista e guitarrista do grupo (o cantor da formação original, Rodolfo Abrantes, deixou a banda em 2001). “As músicas do Raimundos têm muita ‘canção’ atrás das paredes sonoras das guitarras – e isso facilitou demais a conversão [para o formato desplugado].”

O Raimundos registrou o material do acústico em shows em Curitiba, em novembro do ano passado. Além de Digão, os outros integrantes regulares da banda – Canisso no baixo, Caio Cunha na bateria, Marquim na guitarra – foram acompanhados por Marcão, ex-guitarrista do Charlie Brown Jr, no violão, Jorge Bittar, no piano, e Renato Azambuja, na percussão.

Os arranjos foram criados com as participações de Alexandre Brasolim e Juliane Weingartner (violinos), Samuel Pessatti e Péricles Gomes (cellos), Felippe Pipeta (trompete), Pedro Vithor (sax barítono) e Will (trombone). Entre as participações especiais estão nomes como Dinho Ouro Preto, Ivete Sangalo, Alexandre Carlo (Natiruts), Oriente e Fred Castro, ex-baterista da banda.

“Em algumas músicas mexemos bastante nos arranjos, mas sem perder a pegada, e em outras não tinha muito o que fazer além da levada acústica”, explica Digão, que foi acompanhado até pelo filho, Rick, na performance de “I Saw You Saying”. “Mexemos bastante nos arranjos de cordas, metais, teclados e percussão, que engrandeceram de uma tal forma que trouxe um peso diferente, um peso orgânico muito interessante.”

Fonte: Revista Rolling Stone 


Mais Lidas

Notícias Quentes

Vídeo