Novos Horizontes FM

Notícias/Esportes


17/02/2017

Léo Moura embala e se dispõe à vaga de Douglas

Léo Moura embala e se dispõe à vaga de Douglas

Léo Moura sentiu o "frio na barriga" mesmo aos 38 anos ao estrear na Arena pelo Grêmio no último domingo, com vitória sobre o Passo Fundo. E o triunfo serve de combustível para o experiente embalar e ganhar confiança na lateral direita do Tricolor. Ou seria no meio-campo? Para ele, não há "mistério" em fazer a função de Douglas no time de Renato.
Em um primeiro momento, Léo deve ganhar sequência na vaga de Edílson, que para por mais 15 dias. Neste domingo, o jogador seguirá na lateral diante do São José, às 19h30, na Arena, pela 4ª rodada do Gauchão.
LEIA MAIS
> Peça de confiança, Ramiro vive melhor fase
> Grêmio empresta Yuri a clube do Cazaquistão
> Sina de lesões liga alerta de Renato no Grêmio
– Fico feliz de estrear com vitória. Sempre tem frio na barriga. A família esteve presente, e jogar perto da torcida do Grêmio é importante demais para me dar mais confiança para essa sequência. Temos uma briga sadia. A gente não vai torcer para o companheiro ficar fora por lesão. O jogador sempre espera oportunidade. Tive contra o Flamengo, depois contra o Passo Fundo e vou ter agora. Tenho que fazer meu melhor. Vim para somar ao elenco. É aproveitar as oportunidades – afirma Léo Moura.
A série de baixas na equipe – Edílson, Luan, Pedro Rocha, Douglas, Beto da Silva e Jael – abre uma brecha para que o jogador possa figurar até na linha de meio-campo, posição em que atuou durante boa parte de 2016 pelo Santa Cruz. A versatilidade, inclusive, foi um dos atrativos que levaram o Grêmio a buscar sua contratação. Ao mesmo tempo, Léo Moura pede atenção com os ajustes de posicionamento da equipe sem alguns de seus principais jogadores.
– Se isso acontecer, lógico que a gente que chega um pouco mais ao fundo tem que olhar mais. Prestar mais atenção no movimento dos atacantes para fazer a bola chegar a eles. São jogadores mais velozes, não temos centroavantes de área no momento, até porque o Jael está machucado. A posição que o Douglas joga, eu já joguei. Não tem mistério nenhum. No momento em que o Renato optar por mim, eu vou dar meu melhor, como dou quando eu jogo pela lateral – ressalta Léo Moura.
O Tricolor retoma os treinamentos na manhã desta sexta-feira, também com portões fechados, a exemplo desta quinta, e tem uma última atividade no sábado. A equipe volta a campo no próximo domingo, quando encara o São José, na Arena, às 19h30, pela 4ª rodada do Gauchão.
Fonte:globoesporte.com/rs 

Mais Lidas

Notícias Quentes

Vídeo